Capa

4 razões para comprar uma casa antiga e restaurá-la

Valor reduzido, espaço e localização são algumas das vantagens

Por Daniel Esteves
23/08/2018 09:43

A procura por boas oportunidades no mercado imobiliário acaba, cedo ou tarde, esbarrando em ofertas de imóveis usados. Com elas, surgem as dúvidas sobre potenciais vantagens de se comprar uma propriedade antiga e reformá-la. Visando clarear algumas questões, mostraremos, a seguir, as quatro vantagens mais proeminentes:
 
1) Valor reduzido
Geralmente, quanto mais antigo o edifício, mais reduzido o valor da sua aquisição. Além disso, o comprador faz um investimento mais certeiro, pois sabe que não corre risco de ter sua casa desvalorizada: o imóvel e seus arredores são mais estáveis. O risco de se adquirir um apartamento antigo e, em seguida, ter a vista da janela prejudicada por uma nova construção, por exemplo, é menor. É possível encontrar boas oportunidades em leilões online, onde há oferta de imóveis usados abaixo do valor praticado pelo mercado imobiliário.
 
2) Espaço
Basta olhar os panfletos distribuídos nos semáforos para constatar que os imóveis construídos atualmente estão ficando cada vez mais compactos. Antigamente, os imóveis eram projetados e construídos para famílias maiores, prevendo grande movimentação por todos os cômodos da casa, por isso, todos os espaços tendem a ter uma metragem maior, com janelas amplas e pé-direto alto. Sem falar no charme das vigas aparentes, piso de taco de madeira, tijolinhos aparentes e outros pontos menos frequentes em lançamentos atuais, mas que ainda podem ser encontrados nos imóveis antigos.
 
3) Localização
Imóveis construídos há mais tempo costumam estar localizados em pontos centrais de cidades ou bairros mais antigos, com infraestrutura consolidada. Normalmente, essas propriedades são cercadas de comércios, bancos, escolas, clínicas e demais comodidades oferecidas em um bairro central. 
 
4) Personalização
É comum que propriedades em empreendimentos recém-lançados sejam entregues aos moradores com uma decoração padrão, que inclui, por exemplo, revestimentos, pisos, louças, gesso etc. Só que, muitas vezes, esses itens não combinam com o gosto do comprador, que acaba pagando em dobro: ao comprar o imóvel novo – com o valor de todos esses acabamentos embutidos no preço – e para reformá-lo. Ao comprar e reformar uma casa antiga, o proprietário não terá esse problema. 

Como um bônus, os edifícios carregam identidade e qualidade em sua construção. As lajes tendem a ser mais espessas, proporcionando maior isolamento acústico. Os  ambientes são mais iluminados e arejados e alguns elementos próprios podem ser preservados na decoração, como revestimentos de pisos e de paredes, cobogós, esquadrias com venezianas e até mesmo louças sanitárias.

Ficou interessado? Que tal conferir as casas antigas disponíveis na Imobiliária Rossi. Você encontrará muitas oportunidades!

 

Mais Lidos
Mercado Imobiliário 27/04/2018
Conheça o Financiamento Terreno + Construção da Caixa !
Casa 23/08/2017
Cozinha pequena: 6 dicas para otimizar o espaço disponível
Mercado Imobiliário 25/08/2017
Financiamento da casa própria: Passo a passo para você realizar seu sonho
Mercado Imobiliário 30/11/2017
Caixa abre negociação para quem está com as parcelas de financiamento em atraso
Casa 07/10/2017
Dicas para evitar acidentes com as crianças em casa
Mercado Imobiliário 11/08/2017
Financiamento da casa própria: Encontrando a melhor opção
Mais Recentes
Artigos Relacionados