Capa

Financiamento da casa própria: Passo a passo para você realizar seu sonho

Por Daniel Esteves
25/08/2017 09:22

Como funciona o financiamento para a casa própria?

Tanto imóveis na planta quanto os novos ou usados podem ter seu pagamento financiado. É simples: os financiamentos são feitos pelos bancos, que pagam ao vendedor do imóvel (seja ele pessoa física ou jurídica) o valor que o comprador deseja financiar. A partir desse momento, a pessoa que realizou a compra deve pagar as parcelas à instituição financeira que quitou sua dívida. Caso haja interesse na negociação do imóvel e ainda existem parcelas a serem pagas, o saldo devedor deverá ser quitado, pois o mesmo está vinculado ao agente financiador.

 

No artigo da semana passada nós vimos quais os tipos de financiamentos mais comuns no mercado. Independentemente do tipo de financiamento escolhido, alguns passos são necessários para adquirir a casa própria. São eles:

 

Simulação

A simulação é um passo essencial para se certificar que você poderá arcar com os custos de um financiamento. Escolha a instituição financeira que você deseja. Normalmente são disponibilizados simuladores nos sites. Lembre-se de ter em mãos informações como renda, documentos (RG e CPF) e sua cidade.

 

Contato com a instituição

Depois de descobrir quanto você pode gastar, entre em contato com a instituição que fará seu financiamento. Muitas possuem seus correspondentes, que agilizam o processo. Caso deseje usar o FGTS, não é preciso ir até a Caixa, porém existem certas condições que precisam ser satisfeitas. Há, ainda, outros bancos que oferecem financiamento imobiliário, com a possibilidade de utilização do FGTS, porém as condições do Minha Casa Minha Vida são exclusivas da Caixa e do Banco do Brasil, que são órgãos federais. Se optar pela construtora, a intermediação pode ser feita diretamente com ela.

 

Formulário

Independentemente da instituição escolhida, será preciso preencher um formulário.

Por meio do documento, o banco ou construtora irá verificar se você está apto e realmente terá condições de arcar com o pagamento das parcelas do financiamento.

 

Análise geral

Após fazer a simulação e preencher o formulário, chega a fase da conferência de dados, em que a instituição irá checar, entre outros pontos, a regularidade financeira de seu nome. Quem tem o nome sujo em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC, certamente terá mais dificuldades em ter seu financiamento aprovado. É nesse ponto também que há a avaliação da documentação do imóvel. Quem escolher um apartamento com documentos irregulares terá que regularizar a situação ou escolher outro imóvel para conseguir o dinheiro.

 

Avaliação

A avaliação do imóvel também faz parte do processo de financiamento. Caso essa etapa seja feita por meio de uma instituição financeira, um funcionário do banco terceiriza o trabalho de ir até o endereço do imóvel para checar detalhes como, por exemplo, se o imóvel se adequa a todos os requisitos do financiamento (valor, inclusive).

 

Documentos

Caso a transação seja autorizada pelo agente financiador, é hora de apresentar os documentos requisitados como certidão do comprador e do vendedor do imóvel, por exemplo. Quem optar por usar recursos do FGTS deve dar entrada no pedido, apresentando todos os documentos necessários para o saque (carteira de trabalho, comprovante de residência, certidão de nascimento ou, se for o caso, casamento, documento de identidade e CPF, além de certidão de matrícula e cópia do IPTU do imóvel a ser comprado). Todo o processo leva em torno de 15 a 20 dias.

 

Assinatura do contrato

Depois de apresentar a documentação, é preciso pagar o Imposto de Transmissão de Bens e Imóveis (ITBI) e registrar o contrato no Cartório de Registro de Imóveis para concluir o registro. Feito isso, é preciso encaminhar uma via do contrato registrado para o banco para que ele possa liberar o dinheiro.

 

 

E com este artigo, nós terminamos a série de 4 artigos sobre financiamento imobiliário, espero que possamos ter lhe ajudado. O financiamento é uma excelente opção para quem deseja realizar o sonho da casa própria, mas não pode pagar o bem à vista. Para que tudo corra bem no processo, é importante se certificar que o imóvel escolhido e o tipo de financiamento buscado são os mais adequados às suas necessidades e possibilidades. Cumprindo todos esses passos, a conquista da casa própria será uma realidade!

 

Lembrando que a Imobiliária Rossi possui consultores treinados e experientes para lhe prestar assessoria desde a simulação até a assinatura do contrato. Além disso temos um corresponde Caixa Aqui que pode fazer toda a intermediação com a Caixa, evitando que você precise pegar filas no banco.

Mais Lidos
Mercado Imobiliário 27/04/2018
Conheça o Financiamento Terreno + Construção da Caixa !
Casa 23/08/2017
Cozinha pequena: 6 dicas para otimizar o espaço disponível
Mercado Imobiliário 25/08/2017
Financiamento da casa própria: Passo a passo para você realizar seu sonho
Mercado Imobiliário 30/11/2017
Caixa abre negociação para quem está com as parcelas de financiamento em atraso
Casa 07/10/2017
Dicas para evitar acidentes com as crianças em casa
Mercado Imobiliário 11/08/2017
Financiamento da casa própria: Encontrando a melhor opção
Mais Recentes
Artigos Relacionados